SÃO PAULO | ZÜRICH

 
SÃO PAULO | ZÜRICH

Artsoul | Grandes Formatos

Artsoul | Grandes Formatos
Rafael Kamada

ARTSOUL
Grandes Formatos

Exposição Virtual
25 – 31.05.21


Temos o prazer de anunciar a nossa participação na feira online, Artsoul | Grandes Formatos, apresentando trabalhos de Felipe Góes, Luisa Almeida e Rafael Kamada.

FELIPE GÓES
trabalha com pintura buscando discutir a produção e percepção de imagens na contemporaneidade. Realizou exposições individuais na Galeria Kogan Amaro (São Paulo, 2019), Galeria Murilo Castro (Belo Horizonte, 2018), Instituto Moreira Salles (Poços de Caldas, 2017), Galeria Virgílio (São Paulo, 2016 e 2018), Central Galeria de Arte (São Paulo, 2014), Phoenix Institute of Contemporary Art (Arizona, EUA, 2014), Museu de Arte de Goiânia (Goiânia, 2012) e Usina do Gasômetro (Porto Alegre, 2012).

Participou das exposições coletivas “Mapping Spaces” (Kentler International Drawing Space, New York, EUA, 2016), “2ª Bienal Internacional de Asunción” (Assunção, Paraguai, 2017), “Coletivo Terça ou Quarta + Acervo Municipal” (Araraquara, 2014 – patrocínio: PROAC-ICMS), “Arte Praia 2013” (Natal, 2013 – patrocínio: Funarte) e “20 e poucos anos – portfólio” (Galeria Baró, São Paulo, 2011). Participou de residências artísticas no Phoenix Institute of Contemporary Art (Arizona, EUA, 2014) e Instituto Sacatar (Itaparica, BA, 2012).

LUISA ALMEIDA
se especializou em xilogravuras de grandes formatos e usa do contraste presente na técnica para se relacionar com sua temática-chave: retratos de mulheres e meninas empunhando armas de fogo no cotidiano. O que propõe é uma investigação sobre tal simbolismo na sociedade.

Também cenógrafa de óperas e peças teatrais, Luisa Almeida mescla recursos cênicos na concepção de sua obra, dando à luz instalações xilográficas. Parte de sua pesquisa se aprofunda em processos alternativos para a impressão de gravuras gigantes, como veículos, empilhadeiras e rolos compressores. Atualmente, é mestranda em Artes Visuais na Universidade Estadual Paulista (UNESP), onde se formou em 2017.

RAFAEL KAMADA
é graduado em Design Gráfico com ênfase em tipografia na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo (2015). Como designer gráfico, trabalhou na FAMA Museu (Fábrica de Arte Marcos Amaro), em Itu, e desde 2019 atua na Galeria Kogan Amaro. Seu contato com a pintura se inicia em 2013, através de incursões com graffiti na cidade de São Paulo. Em seguida, passa a se orientar à luz das influências dadas pelas relações entre a pintura gestual e a caligrafia oriental, ou mais precisamente pelo histórico do movimento abstrato expressionista protagonizado pela New York School no imediato pós-guerra. No escopo de seu trabalho, destaca-se a convergência de culturas entre Oriente e Ocidente pelo “caminho da escrita” (tradução para Shodô em japonês), com foco no contraste e na justaposição de gestos expressivos e caligráficos, no sentido de subverter e recodificar os caracteres do alfabeto e, com isso, propor novas linguagens estéticas de comunicação.

Em 2020, inicia o curso Pintura: Prática e Reflexão, orientado por Paulo Pasta no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, e o curso online In the Studio: Postwar Abstract Painting, coordenado por Corey D’Augustine (MoMA, Nova York). Em 2019, conclui o curso Histórias da Arte: Arte Moderna e Contemporânea, ministrado por Daniel Jablonski no MASP (Museu de Arte de São Paulo). No mesmo ano, participa da 21ª Mostra do MAC – PR (Museu de Arte de Cascavel, Paraná). Em 2018, ministra Oficinas de Arte Urbana no Instituto Europeu de Design, em São Paulo. Produz uma série de murais na cidade e no sul da Bahia com o artista Felipe Mei (Philaico) e passa a frequentar o atelier do pintor Arnaldo de Melo, com quem realiza trabalhos em parceria. Em 2021, passa a ser representado pela Galeria Kogan Amaro, em São Paulo.

LIVRO DE VISITANTE

DEIXAR UMA MENSAGEM AO ARTISTA

O seu e-mail não será publicado.

*

17 + 17 =