Vídeos

Vídeos

Felipe Góes | Ciclo Circadiano

O ciclo diário que rege a vida – do pintor, do dia a dia de cada um de nós, da natureza que nos cerca, do planeta que habitamos, dos corpos celestiais acomodados em galáxias – tem ritmo próprio, independente de desejos e determinações. Diante dessa recorrência inefável, a ilusão da imutabilidade se impõe. Contudo, nestas pinturas, o ritmo circadiano transmuta o incontestável e lança um novo enigma: no início era o movimento.

Felipe Góes | Ciclo Circadiano

O ciclo diário que rege a vida – do pintor, do dia a dia de cada um de nós, da natureza que nos cerca, do planeta que habitamos, dos corpos celestiais acomodados em galáxias – tem ritmo próprio, independente de desejos e determinações. Diante dessa recorrência inefável, a ilusão da imutabilidade se impõe. Contudo, nestas pinturas, o ritmo circadiano transmuta o incontestável e lança um novo enigma: no início era o movimento.

Felipe Goés | Zirkadianer Rhythmus

No início era a paisagem. Vistas de montanhas, lagos e vegetação eram encobertas por uma névoa fina, forjada com leveza por meio de manchas de cor de tons pastéis. A convivência entre os elementos pictóricos fluía em cadências harmônicas, sugerindo um quase silêncio. Mas os dias se sucederam e os ventos sopraram em profusão, espantando a serenidade.

Felipe Goés | Zirkadianer Rhythmus

No início era a paisagem. Vistas de montanhas, lagos e vegetação eram encobertas por uma névoa fina, forjada com leveza por meio de manchas de cor de tons pastéis. A convivência entre os elementos pictóricos fluía em cadências harmônicas, sugerindo um quase silêncio. Mas os dias se sucederam e os ventos sopraram em profusão, espantando a serenidade.

Mundano | Semana de Arte Mundana

100 anos após a semana que marcou para sempre a arte Brasileira, o moderno que transpôs as camadas do Tempo hoje é visto como um passado vivo, contado por heróis intérpretes, que atravessaram o oceano de uma outra realidade, notaram nossa própria cultura e retrataram quem de fato éramos no cotidiano dum Brasil de outrora. Plantaram, assim, uma semente e cultivaram o que viria a ser a Nova Arte.

Mundano | Semana de Arte Mundana

100 anos após a semana que marcou para sempre a arte Brasileira, o moderno que transpôs as camadas do Tempo hoje é visto como um passado vivo, contado por heróis intérpretes, que atravessaram o oceano de uma outra realidade, notaram nossa própria cultura e retrataram quem de fato éramos no cotidiano dum Brasil de outrora. Plantaram, assim, uma semente e cultivaram o que viria a ser a Nova Arte.

Josafa Neves | Zurich ArtWeekend 2021

“NKENDA afroindígena”, exposição apresentada pelo artista afro-indígena brasileiro Josafá Neves na Galeria Kogan Amaro em seu novo local inaugurado na Rämistrasse 35 em Zurique, é a exposição individual que expressa um simbolismo étnico e uma profunda pesquisa filosófica social através das pinturas dos arquétipos indígenas que fazem parte da linguagem e espiritualidade dos nativos brasileiros.

Josafa Neves | Zurich ArtWeekend 2021

“NKENDA afroindígena”, exposição apresentada pelo artista afro-indígena brasileiro Josafá Neves na Galeria Kogan Amaro em seu novo local inaugurado na Rämistrasse 35 em Zurique, é a exposição individual que expressa um simbolismo étnico e uma profunda pesquisa filosófica social através das pinturas dos arquétipos indígenas que fazem parte da linguagem e espiritualidade dos nativos brasileiros.

Cabral | Zurich ArtWeekend 2021

A localização de Löwenbräu da Galeria KOGAN AMARO apresenta uma exposição individual chamada “Flash of Desire” de Antonio Hélio Cabral (1948), pintor, desenhista, gravador e escultor brasileiro de carreira consolidada

Cabral | Zurich ArtWeekend 2021

A localização de Löwenbräu da Galeria KOGAN AMARO apresenta uma exposição individual chamada “Flash of Desire” de Antonio Hélio Cabral (1948), pintor, desenhista, gravador e escultor brasileiro de carreira consolidada

Patricia Carparelli | Amômetro

Galeria Kogan Amaro apresenta instalação imersiva da artista Patricia Carparelli. Obra de grandes dimensões convida o público a explorar novas possibilidades e ampliar a criatividade

Patricia Carparelli | Amômetro

Galeria Kogan Amaro apresenta instalação imersiva da artista Patricia Carparelli. Obra de grandes dimensões convida o público a explorar novas possibilidades e ampliar a criatividade

Carlos Mélo | Transes, rituais e substâncias

Carlos Mélo reflete sobre o Nordeste em exposição inédita na Galeria Kogan Amaro. Obras em diferentes suportes utilizam-se de jogos de imagens e palavras para desmontar o estereótipo da região brasileira.

Carlos Mélo | Transes, rituais e substâncias

Carlos Mélo reflete sobre o Nordeste em exposição inédita na Galeria Kogan Amaro. Obras em diferentes suportes utilizam-se de jogos de imagens e palavras para desmontar o estereótipo da região brasileira.

Bruno Passos | Há coisas entre nós que não dizemos em voz alta

Pinturas e esculturas sensoriais de Bruno Passos são exibidas na Galeria Kogan Amaro. Em sua estreia pela Galeria, o artista retrata experiências pessoais de suas expedições carregadas de tensões emocionais.

Bruno Passos | Há coisas entre nós que não dizemos em voz alta

Pinturas e esculturas sensoriais de Bruno Passos são exibidas na Galeria Kogan Amaro. Em sua estreia pela Galeria, o artista retrata experiências pessoais de suas expedições carregadas de tensões emocionais.

Bob Van Orsouw entrevista Daniel Mullen

“O campo denota uma instância ou âmbito, e efêmero significa um momento breve, transitório ou fugaz”, explica o pintor abstrato Daniel Mullen

Bob Van Orsouw entrevista Daniel Mullen

“O campo denota uma instância ou âmbito, e efêmero significa um momento breve, transitório ou fugaz”, explica o pintor abstrato Daniel Mullen

Bruno Miguel | A Beautiful Image

Palavras ou imagens são sempre provocações. O inconsciente não cessa de se inscrever: o fabulado e o imaginado se fazem presentes a cada salto dado pelo sujeito.

Bruno Miguel | A Beautiful Image

Palavras ou imagens são sempre provocações. O inconsciente não cessa de se inscrever: o fabulado e o imaginado se fazem presentes a cada salto dado pelo sujeito.

Carlos Mélo | Overlock

O tecido, principal matéria-prima da cadeia produtiva local, foi apropriado por Mélo como elemento de arte contemporânea, transformando-o em esculturas têxteis e performáticas

Carlos Mélo | Overlock

O tecido, principal matéria-prima da cadeia produtiva local, foi apropriado por Mélo como elemento de arte contemporânea, transformando-o em esculturas têxteis e performáticas

Mirela Cabral | Live Talk Rebento

Para estreitar a relação do público com a exposição virtual /Rebento/, de Mirela Cabral, propomos uma conversa entre a artista , curador e professor, sobre questões que surgiram durante o desenvolvimento da exposição.

Mirela Cabral | Live Talk Rebento

Para estreitar a relação do público com a exposição virtual /Rebento/, de Mirela Cabral, propomos uma conversa entre a artista , curador e professor, sobre questões que surgiram durante o desenvolvimento da exposição.

Mirela Cabral | Rebento

Espaços vazios de uma casa, cantos com vasos de plantas, nichos desocupados e a natureza reduzida ao jardim, com muito mato e um lago quase seco

Mirela Cabral | Rebento

Espaços vazios de uma casa, cantos com vasos de plantas, nichos desocupados e a natureza reduzida ao jardim, com muito mato e um lago quase seco

Daniel Mullen | Ephemeral Fields

“Campos efêmeros”, do artista de Glasgow, parte da pergunta “de que maneira podemos imaginar um monumento futuro ou a ideia de um monumento?”.

Daniel Mullen | Ephemeral Fields

“Campos efêmeros”, do artista de Glasgow, parte da pergunta “de que maneira podemos imaginar um monumento futuro ou a ideia de um monumento?”.

Exposição Narrada | Gabriel Botta | Nos Confins

“A pintura de Botta pode ser lida como exercício das vidas possíveis, exercício do gesto infinito.

Exposição Narrada | Gabriel Botta | Nos Confins

“A pintura de Botta pode ser lida como exercício das vidas possíveis, exercício do gesto infinito.

Gabriel Botta | Nos Confins

Nos Confins reúne pinturas que, propositalmente, não representam fielmente a imagem do real. Ao contrário, propõem enigmas, sussurram segredos e nublam a visão do espectador, proporcionando a sensação de que é possível apenas entrever, espiar e vislumbrar.

Gabriel Botta | Nos Confins

Nos Confins reúne pinturas que, propositalmente, não representam fielmente a imagem do real. Ao contrário, propõem enigmas, sussurram segredos e nublam a visão do espectador, proporcionando a sensação de que é possível apenas entrever, espiar e vislumbrar.

Vídeo Retrospectiva 2020 Galeria Kogan Amaro

Vídeo Retrospectiva 2020 Galeria Kogan Amaro

Vídeo Retrospectiva 2020 Galeria Kogan Amaro

Vídeo Retrospectiva 2020 Galeria Kogan Amaro

Art Basel | Miami Beach 2020

A Galeria Kogan Amaro participa da edição de 2020 da Art Basel Miami Beach, no setor NOVA, e levará obras de Marcia Pastore e Shizue Sakamoto. A feira acontece de 3 a 6 de dezembro desse ano.

Art Basel | Miami Beach 2020

A Galeria Kogan Amaro participa da edição de 2020 da Art Basel Miami Beach, no setor NOVA, e levará obras de Marcia Pastore e Shizue Sakamoto. A feira acontece de 3 a 6 de dezembro desse ano.

Ellé de Bernardini | Nem tudo que reluz é ouro

Ellé de Bernardini | Nem tudo que reluz é ouro 10 de setembro a 17 de outubro de 2020 Curadoria: Ana Carolina Ralston

Ellé de Bernardini | Nem tudo que reluz é ouro

Ellé de Bernardini | Nem tudo que reluz é ouro 10 de setembro a 17 de outubro de 2020 Curadoria: Ana Carolina Ralston

Patricia Carparelli | Podcast Kogan Amaro

A curadora Camila Yunes Guarita e artista da Galeria Kogan Amaro, Patricia Carparelli, conversam sobre memória, processo criativo e carreira.

Patricia Carparelli | Podcast Kogan Amaro

A curadora Camila Yunes Guarita e artista da Galeria Kogan Amaro, Patricia Carparelli, conversam sobre memória, processo criativo e carreira.

Tangerina Bruno | Podcast Kogan Amaro

Neste episódio do podcast da Galeria Kogan Amaro, o duo de artistas Tangerina Bruno, conversa com a curador Allan Yzumizawa sobre trajetória, carreira e futuro.

Tangerina Bruno | Podcast Kogan Amaro

Neste episódio do podcast da Galeria Kogan Amaro, o duo de artistas Tangerina Bruno, conversa com a curador Allan Yzumizawa sobre trajetória, carreira e futuro.

Élle de Bernardini | Podcast Kogan Amaro

Neste episódio do podcast da Galeria Kogan Amaro, a artista Élle de Bernardini conversa com a curadora Carollina Laureano sobre sexualidade e gênero de identidade dentro do campo da arte, apresentando questões de um novo modelo de sociedade.

Élle de Bernardini | Podcast Kogan Amaro

Neste episódio do podcast da Galeria Kogan Amaro, a artista Élle de Bernardini conversa com a curadora Carollina Laureano sobre sexualidade e gênero de identidade dentro do campo da arte, apresentando questões de um novo modelo de sociedade.

Daniel Mullen | Viewroom

Na Kogan Amaro viewroom, o artista escocês Daniel Mullen apresenta duas de suas mais recentes séries, Pulse e Synesthesia.

Daniel Mullen | Viewroom

Na Kogan Amaro viewroom, o artista escocês Daniel Mullen apresenta duas de suas mais recentes séries, Pulse e Synesthesia.

Jens Hausmann | Viewroom

Na Kogan Amaro viewroom, o artista Jens Hausmann (@jens.hausmann) apresenta obras de caráter retrospectivo, com foco no modernismo clássico europeu, especialmente relacionado à arquitetura moderna: Bauhaus, International Style e Brutalismo.

Jens Hausmann | Viewroom

Na Kogan Amaro viewroom, o artista Jens Hausmann (@jens.hausmann) apresenta obras de caráter retrospectivo, com foco no modernismo clássico europeu, especialmente relacionado à arquitetura moderna: Bauhaus, International Style e Brutalismo.

Katia Salvany | A concha, a espada, o corte e o amor

Em A concha, a espada, o corte e o amor, a artista explora diversos suportes fazendo uso de técnicas de gravura e impressão

Katia Salvany | A concha, a espada, o corte e o amor

Em A concha, a espada, o corte e o amor, a artista explora diversos suportes fazendo uso de técnicas de gravura e impressão

Luisa Almeida e Sani Guerra | Onde havia florestas, habitam almas

Em comum, as obras de Luisa Almeida e Sani Guerra sugerem técnicas primorosas e revelam temáticas amarradas com precisão, o que permite a construção de uma interlocução entre as artistas.

Luisa Almeida e Sani Guerra | Onde havia florestas, habitam almas

Em comum, as obras de Luisa Almeida e Sani Guerra sugerem técnicas primorosas e revelam temáticas amarradas com precisão, o que permite a construção de uma interlocução entre as artistas.

Samuel de Saboia | A Bird Called Innocence

Twenty-two year old Samuel de Saboia confronts the spectator with his reflections on social aesthetics, self-acceptance, sexuality, life and death, angels and demons.

Samuel de Saboia | A Bird Called Innocence

Twenty-two year old Samuel de Saboia confronts the spectator with his reflections on social aesthetics, self-acceptance, sexuality, life and death, angels and demons.

Shizue Sakamoto | Partitura em cores

Em uma carta escrita ao irmão Theo, Vincent Van Gogh explica que, para ele, os sons se manifestavam também em cores e que certos tons, entre eles o amarelo e o azul, reverberavam em seus sentidos como fogos de artifício.

Shizue Sakamoto | Partitura em cores

Em uma carta escrita ao irmão Theo, Vincent Van Gogh explica que, para ele, os sons se manifestavam também em cores e que certos tons, entre eles o amarelo e o azul, reverberavam em seus sentidos como fogos de artifício.

Tangerina Bruno | Estados cotidianos

Na obra mais traduzida de Sigmund Freud, Sobre a Psicopatologia da Vida Cotidiana, o psicanalista debate como o inconsciente se expressa na nossa rotina por meio de sentimentos comuns, como medo, desconforto, surpresa e atenção.

Tangerina Bruno | Estados cotidianos

Na obra mais traduzida de Sigmund Freud, Sobre a Psicopatologia da Vida Cotidiana, o psicanalista debate como o inconsciente se expressa na nossa rotina por meio de sentimentos comuns, como medo, desconforto, surpresa e atenção.

Carolina Semiatzh | Possíveis Paisagens

Peça constante na obra da paulistana Carolina Semiatzh, o horizonte também é o fio condutor de Possíveis Paisagens, exposição em cartaz na Galeria Kogan Amaro.

Carolina Semiatzh | Possíveis Paisagens

Peça constante na obra da paulistana Carolina Semiatzh, o horizonte também é o fio condutor de Possíveis Paisagens, exposição em cartaz na Galeria Kogan Amaro.

Fernanda Figueiredo | Visita a Max Bill

Em 23 de maio de 1953, o pintor, escultor, designer gráfico e arquiteto suíço Max Bill (1908-1994) pisava pela primeira vez em terras brasileiras. No entanto, a visita de sua obra ao País aconteceria anteriormente a isso

Fernanda Figueiredo | Visita a Max Bill

Em 23 de maio de 1953, o pintor, escultor, designer gráfico e arquiteto suíço Max Bill (1908-1994) pisava pela primeira vez em terras brasileiras. No entanto, a visita de sua obra ao País aconteceria anteriormente a isso

Felipe Góes | Cataclismo

No começo havia apenas a desordem. O único deus era o Caos, que reinava no nada e sozinho. Ele, então, decide criar Gaia, mãe-terra e força primordial do universo.

Felipe Góes | Cataclismo

No começo havia apenas a desordem. O único deus era o Caos, que reinava no nada e sozinho. Ele, então, decide criar Gaia, mãe-terra e força primordial do universo.

Fabiano Rodrigues | A verdade está em tudo, mesmo no erro

“O inimigo da fotografia é a convenção, as regras fixas de ‘como fazer’. Sua salvação vem da experimentação.

Fabiano Rodrigues | A verdade está em tudo, mesmo no erro

“O inimigo da fotografia é a convenção, as regras fixas de ‘como fazer’. Sua salvação vem da experimentação.

Patrícia Carparelli e Conrado Zanotto | Formas, fluidos e fragmentos

Os paulistas Patricia Carparelli e Conrado Zanotto expõem no mezanino da galeria suas obras tão intuitivas e autorais: as aquarelas dela, inspiradas (e executadas) pela água do mar, recheadas de fluidez e memórias de infância; e a série dele, de esculturas abstratas compostas por fragmentos de diferentes tipos de barros, que remetem à dinâmica do empirismo.

Patrícia Carparelli e Conrado Zanotto | Formas, fluidos e fragmentos

Os paulistas Patricia Carparelli e Conrado Zanotto expõem no mezanino da galeria suas obras tão intuitivas e autorais: as aquarelas dela, inspiradas (e executadas) pela água do mar, recheadas de fluidez e memórias de infância; e a série dele, de esculturas abstratas compostas por fragmentos de diferentes tipos de barros, que remetem à dinâmica do empirismo.

Nunca | Meide in Brazil

Traço a traço, em um movimento cíclico e constante, como o som de um tambor que, a cada batucada, ganha mais força e corpo.

Nunca | Meide in Brazil

Traço a traço, em um movimento cíclico e constante, como o som de um tambor que, a cada batucada, ganha mais força e corpo.

Mundano | Vozes Mundanas

Em Vozes Mundanas, artista apresenta cerca de 40 trabalhos entre telas, esculturas e obras interativas que refletem problemas sociais, políticos e ambientais da atualidade.

Mundano | Vozes Mundanas

Em Vozes Mundanas, artista apresenta cerca de 40 trabalhos entre telas, esculturas e obras interativas que refletem problemas sociais, políticos e ambientais da atualidade.

Isabelle Borges | Campos Sintéticos

Em Campos Sintéticos, a artista radicada em Berlim retorna ao país para apresentar 17 obras que refletem sua pesquisa sobre a maleabilidade do espaço.

Isabelle Borges | Campos Sintéticos

Em Campos Sintéticos, a artista radicada em Berlim retorna ao país para apresentar 17 obras que refletem sua pesquisa sobre a maleabilidade do espaço.

Samuel de Saboia | Guardiões

Artista recifense explora a natureza dos anjos em mostra que reúne trabalhos de diferentes suportes; Guardiões, com curadoria de Ana Carolina Ralston, é a primeira individual de Saboia no Brasil

Samuel de Saboia | Guardiões

Artista recifense explora a natureza dos anjos em mostra que reúne trabalhos de diferentes suportes; Guardiões, com curadoria de Ana Carolina Ralston, é a primeira individual de Saboia no Brasil

Daniel Mullen | Equação das Cores

Em Equação das Cores, artista apresenta conjunto de telas abstratas e convida o público a embarcar em uma experiência sensorial.

Daniel Mullen | Equação das Cores

Em Equação das Cores, artista apresenta conjunto de telas abstratas e convida o público a embarcar em uma experiência sensorial.

Nazareth Pacheco | Registros

Em Registros/Records, a artista retorna ao caráter autobiográfico de sua obra e apresenta sua produção dos últimos cinco anos.

Nazareth Pacheco | Registros

Em Registros/Records, a artista retorna ao caráter autobiográfico de sua obra e apresenta sua produção dos últimos cinco anos.